"Eu vi o tempo brincando ao redor do caminho daquele menino"...

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Hedonismo notívago...

Acordei a pouco tempo com o barulho do vento frio que batia na janela e entrava casa adentro, deixando meu corpo leve e, não sei por qual motivo, cheio de tesão. Comecei a sentir meus seios enrijecerem, os pêlos do corpo eriçados e uma invasão de pensamentos eróticos, para não dizer pornográficos.
Liguei a TV para procurar algo que me pudesse ajudar naquele momento e logo encontrei um enlatado norte-americano bem sacana com um homem e uma mulher transando feito dois animais, ele fazia cara de muito prazer enquanto ela falava "come on guy, fuck my little pussy".
Aquilo só me deixou ainda mais excitada, com mamilos extremamente rígidos, começando a sentir fluidos nas minhas regiões mais quentes e com as mãos à viajarem por todo o meu corpo, principalmente seios, barriga, coxas e toda a parte genital, que tesão!
Ah como eu queria alguém do lado para me ajudar nessa hora, tanto faz o sexo, só queria alguém. Mas depois de tanto tempo percebi que às vezes é melhor você mesmo ser dono das suas próprias sensações, dos seus próprios toques, dos seus próprios dedos, algo bem egoísta, mas muito excitante.
Continuei vendo o filme e me tocando até que o homem pediu para ela "oh bitch, suck my cock", e ela imediatamente atendeu ao pedido e ficou lá até o momento em que ele colocou para fora todo o gozo e prazer que sentia para fazer aquela cena.
Enquanto eu aqui do outro lado da tela também chegava ao meu clímax, que maravilhoso aqueles segundos em que parece o ar ser extinto do cérebro e em que você sente todo seu corpo estremecer de tesão e prazer, não há nada nessa vida que se compare a essa sensação.
Não há nada de jocoso ou pecaminoso nesse ato, pelo contrário, eu acho que não há nada mais belo do que isso, prazer, libido, tesão, sexo, sexualidade, descobrir a si mesmo, ter momentos de euforia consigo mesmo, melhor ainda com os outros, quem sabe na próxima?...

Por Sara Fernandes

2 comentários:

Ana disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Janderson... disse...

Que foi que eu fiz?
Tu errou o substantivo era pra falar:
Meninaaaaaaaaaaaaa...